A maior entidade associativa de representação no município de Colombo completa em 2011, 26 anos de atividades em benefício dos servidores municipais.

No dia 29 de novembro de 1985, um grupo de servidores liderados pelo advogado e servidor municipal Marco Antonio Maia Correia, reuniu-se com o então Prefeito João Chemin e vereadores para em assembléia, decidirem pela fundação da Associação dos Funcionários da Prefeitura. Posta em votação, a proposta foi aprovada por unanimidade. Os presentes ouviram ainda vários pronunciamentos sobre os benefícios que a nova entidade seria capaz de produzir em favor dos funcionários públicos da municipalidade. O prefeito João Chemin se pronunciou empenhando seu incondicional apoio à entidade.

Reunidos em nova assembléia, os servidores aprovaram o estatuto no dia 10 de janeiro de 1986. Na mesma reunião foi escolhido o dia 06 de fevereiro para a realização das eleições da primeira diretoria da ASSEMCO.

Para a primeira eleição foi registrada apenas um chapa e no dia seguinte foi constatada a presença de 186 associados. Nascia forte a entidade que empossava sua diretoria no dia 16 de fevereiro de 1986 tendo como presidente Sr. Helder Luiz Lazarotto.

Em 17 de janeiro de 1986 em uma importante reunião, a primeira depois da posse, a diretoria decidiu encampar as atividades do restaurante para baratear custos das refeições para os funcionários. Na mesma reunião foi apresentada pelo Sr. Osni Mendes a logo marca a ser adotada como símbolo da associação, a mesma foi aprovada por unanimidade.

No dia 23 de setembro de 1987, o então prefeito Lordes Geraldo atendendo solicitação da diretoria, decide pela doação de um terreno com 30 mil metros quadrados localizado no loteamento Parque do Embu para a construção da Sede Campestre.

A segunda eleição realizada em 12 de fevereiro de 1988, marcou também a primeira disputa pelos cargos da diretoria. Leonildo Chemin e Roberto Wegbecher encabeçavam as chapas concorrentes em uma eleição que contou com a participação de 259 associados votantes. A chapa de Wegbecher foi a grande vencedora com 166 votos.

O dia 16 de fevereiro de 1989 ficou marcado na história da associação pela desistência da diretoria, tornando vagos todos vagos um ano antes de vencer o mandato. No dia 08 de março do mesmo ano, uma nova assembléia elegeu a composição da diretoria indicando a Sra. Simone Soares Bueno presidente da ASSEMCO. Foi um mandato curto, pois quatro meses após a Sra. Simone também viria a renunciar. Assumiu então a presidência o Sr. José Hiroki Kajiwara.

As ações das primeiras diretorias giraram em torno do gerenciamento do restaurante da associação, da ocupação do espaço da sede campestre e as tentativas de implantar os primeiros serviços naquele lugar. Porém, nesse período a Associação foi fundamental para implantação do Programa de Compras Comunitárias e na distribuição dos Tickets de Leite para os filhos dos associados.

Os 182 associados foram às urnas no dia 06 de fevereiro de 1991 para eleger a chapa única encabeçada pelo servidor Waldemar Kânia, que durante o seu mandato se dedicou à realização de vários trabalhos, destacando-se entre eles a construção do Consultório Odontológico.

No dia 10 de fevereiro de 1993 uma nova eleição se realizava, e desta vez a chapa Renascer, que era encabeçada por Osni Mendes angariava o apoio de mais de 90% dos 261 votantes. Entre os compromissos estavam as metas de dobrar o número de associados, implantar imediatamente após a posse, a Clínica Médica e Odontológica e dar continuidade à implantação da Sede Campestre. Nesta época a realização dos Jogos Internos dos Servidores (JISC) mobilizou funcionários de todos os setores da Prefeitura. Também forma ampliados os serviços “Vale-Farmácia” e “Vale-Compras” entre outras atividades.

Uma das mais emocionantes eleições da ASSEMCO aconteceu no dia 26 de janeiro de 1995. Três chapas disputaram a preferência dos 836 associados que votaram naquela data. A associação tinha dado seu grande salto de qualidade nos serviços e conquistava definitivamente a confiança dos funcionários da Prefeitura. Assumia então, o presidente Anderson Nunes Barbosa tendo como Tesoureiro o Sr. Nelson Luiz Jardweski, com a missão de ampliar o leque de serviços, implantar a secretaria da entidade, empréstimos bancários entre outros. Os grandes momentos da gestão foram a inauguração da Sede Campestre e da Secretaria da Associação.

Capa do Jornal de 1996

A eleição para o Biênio 97/98 registrou a participação de 507 associados votantes, que majoritariamente escolheram a chapa Expansão II encabeçada pelo servidor Nelson Luiz Jardweski tendo como vice-presidente o Sr. Edson Luiz Carloto.

Ampliação da Cliníca

Entre as diversas obras realizadas destacam-se: a aquisição de um veículo Kombi; a ampliação de cerca de 80% da área estrutural da Clínica Médica e Odontológica; a reforma do telhado do Restaurante Sede e a aquisição de diversos equipamentos industriais para a cozinha do mesmo, que culminou no crescimento de 25% do número de refeições servidas; a construção da churrasqueira principal, dois tanques de pesca esportiva, quadra de futebol de areia e de vôlei com drenos e iluminação, a implantação de parque infantil para filhos de associados e o aumento do edifício principal da Sede Campestre; a informatização total da Secretaria e o aumento de 23% do número de associados ultrapassando os 2.200 sócios, foram obras que marcaram essa gestão.

Veículo Kombi

O ano de 1999 foi marcado pela primeira reeleição de um presidente, no dia 24 de fevereiro foi eleita a Gestão Expansão III, liderada por Nelson Luiz Jardweski e sua vice-presidente a Sra. Viviane Guimarães. Foi uma continuidade dos bons trabalhos, foram realizados diversos torneios e eventos, mas a principal obra desta gestão foi a construção do Restaurante Pátio.

Cliníca Ampliada

A Sra. Viviane Guimarães foi eleita presidente da ASSEMCO no dia 16 de fevereiro de 2001. Ela que já era vice-presidente na gestão anterior, deu continuidade aos trabalhos na associação. Nesta gestão foi realizado o 2º bingo dos associados, a reforma do Restaurante Sede, a construção de casa para caseiro e de muro entorno da Sede Campestre, a inauguração do Restaurante pátio e a melhoria exponencial dos serviços da Clinica Médica e Odontológica.

Sede Campestre Vista Aérea

Para o biênio 2003/2004 foi reeleita em 12 de fevereiro de 2003 a Sra. Viviane Guimarães. Foi a garantia da continuidade do crescimento da ASSEMCO, além da reforma total do Restaurante Sede, com a construção de novos banheiros e a ocupação do espaço do antigo mercadão popular, os seguintes dados comparativos entre os biênios 2001/2002 e 2003/2004 enaltecem esta gestão: o número de associados passou para 2.420 sócios; o atendimento na Clinica Médica e Odontológica saltou de 4.680 para mais de 6.900; a liberação de exames praticamente dobrou, de 7.820 passou para mais de 13.500; aconteceu a contratação da primeira psicóloga para atendimento dos associados e familiares.

Ampliação da Cliníca

A eleição de fevereiro de 2005 ficou marcada pelo retorno das disputas pela presidência da Assemco. Quatro chapas foram inscritas e disputaram a preferência de 1.598 servidores votantes no dia 14 do mesmo mês. A chapa encabeçada pelo Sr. Gilberto Luiz D´Agostin foi a vencedora. Entre os destaques desta gestão estão a ampliação da Clinica Médica e Odontológica, a aquisição do segundo veiculo Kombi e a realização de torneios diversos.

Na eleição para o biênio 2007/2008 foi eleita a chapa liderada pelo Sr. Anderson Nunes Barbosa, o qual era vice-presidente na gestão anterior. Esta gestão focou a área recreativa realizando eventos e torneios diversos. O Restaurante Sede ganhou uma manta térmica e forro de PVC, além de pintura total, porém os maiores investimentos estão na Sede Campestre, entre eles: implantação de novos brinquedos no parque infantil e realização de reforma do campo de futebol suíço; construção de dois novos campos de futebol; ampliação do salão social; reforma completa da churrasqueira do campo e melhorias nos tanques de pesca.

Para a eleição do biênio 2009/2010 registraram-se três chapas, que disputaram a preferência de mais de 1.800 servidores votantes. A vencedora foi a chapa liderada por Gilberto Luiz D´Agostin, ficou em segundo lugar a chapa encabeçada por João Magno de Souza e em terceiro lugar a chapa que teve a frente Vilmar Rios.

Esta gestão foi basicamente uma continuidade das duas antecessoras, suas marcas principais foram a remodelagem dos serviços da Clinica Médica e Odontológica, a ampliação dos convênios, a parceria para realização do Curso de Técnico de Enfermagem e a realização de diversos torneios.

A eleição de 2011 ficou marcada pela disputa entre duas chapas, a primeira liderada pela Servidora Egipicialinda França Leite com o tema “ASSEMCO Forte e Linda”, e a segunda encabeçada pela Professora Irene de Fátima Tosin com o tema “Quem é Opa Vota Basta!”. A vencedora foi a chapada “Basta, que propôs renovar a forma de administração da ASSEMCO, a qual era gerida basicamente por um mesmo grupo de diretores durante três mandatos consecutivos.

Entre os primeiros atos da Gestão Basta estão: A reativação e reestruturação do site da entidade, a contratação de nutricionista para os Restaurantes Sede e Pátio, a implantação do Portal da Transparência, a realização de auditoria para averiguação da regularidade da destinação das receitas e despesas dos oito últimos anos contábeis da ASSEMCO e a implantação do serviço Associado Online.

A Gestão liderada pela Professora Irene de Fátima Tosin busca o equilíbrio das contas da entidade, a transparência total da gestão da associação e melhoria dos serviços prestados.

Venha participar desta remodelagem da ASSEMCO, opine com suas sugestões e reclamações através de um de nossos canais de comunicação:

- e-mails: administração@assemco.net.br e assemco01@yahoo.com.br;

- site: www.assemco.net.br, opção “Fale Conosco”;

- Telefone: 3656-8114.


Eleições 2019/2022

Leia os arquivos do Edital

Edital de Convocação Assembleia Geral Ordinária - Eleições 2019/2022
Edital de Nomeação Comissão Eleitoral - Eleições 2019/2022
Regimento Eleitoral - Eleições 2019/2022
Comunicado 001 - Eleições 2019/2022
Resolução 001 2019 - Eleições 2019/2022